Concurso Hemocentro: entenda como a Hemovigilância pode ser cobrada em prova!

0

Olá, amigo concurseiro que está aguardando a prova do Hemocentro-DF, hoje vamos esquematizar, para você, algumas dicas referentes à hemovigilância.

A hemovigilância está descrita no Guia de Hemovigilância da ANVISA 2015, que é um tópico do seu edital. Além disso, esse aspecto é referenciado na Portaria n. 158/2016 e na RDC n. 34/2014, ou seja, é questão certa na nossa prova.

O foco da hemovigilância é a qualidade e a segurança do doador e receptor. O conceito está descrito na RDC n. 34/2016. Observe:

  • Hemovigilância: conjunto de procedimentos de vigilância que abrange todo o ciclo do sangue, com o objetivo de obter e disponibilizar informações sobre eventos adversos ocorridos nas suas diferentes etapas, para prevenir seu aparecimento ou recorrência, melhorar a qualidade dos processos e produtos e aumentar a segurança do doador e receptor;

Veja as palavras-chave: prevenção de eventos adversos, melhoria da qualidade e segurança dos doadores e receptores.

Agora verifique como esse conceito foi cobrado na prova:

1. (COSEAC/2014/ADAPTADA) A hemovigilância consiste em um sistema de avaliação e alerta, organizado com o objetivo de recolher informações para normatizar o ato de hemoterapia.

Comentário: A hemovigilância capta informações por meio das notificações que são feitas no Sistema Nacional de Hemovigilância da ANVISA (NOTIVISA) e age no sentido de evitar a recorrência desses erros, mas não normatiza o ato da hemoterapia. Dessa forma, o item está incorreto.

A hemoterapia é normatizada pela Lei n. 10.205/2001, que cria o SINASAN – Sistema Nacional de Sangue e Hemoderivados, coordenado pela Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados (CGSH), um órgão do Ministério da Saúde. É importante destacar que a Portaria n. 158/2016 aprova o regulamento técnico em hemoterapia, do ponto de vista político e operacional, e a RDC n. 34/2014 aborda a hemoterapia no contexto operacional, com foco em ditar Boas Práticas no Ciclo do Sangue.

A hemovigilância passou por uma mudança de visão: antes era vista apenas para controle de eventos adversos voltados para as reações transfusionais (reações no receptor de sangue), hoje, ela é mais ampla, englobando todas as etapas do ciclo do sangue.

Vamos relembrar o que é o ciclo de sangue?

Dessa forma, todas as etapas do ciclo de sangue são monitoradas para a verificação e prevenção de possíveis eventos adversos, de forma a melhorar a qualidade do processo.

O Guia de Hemovigilância de 2015 tem por objetivo definir diretrizes para a ampliação do escopo da hemovigilância no país, com a inclusão da vigilância dos eventos adversos que podem ocorrer em todo o ciclo do sangue.

Vamos Praticar?

2. (CONPASS/2014) A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) estabelece um conjunto de procedimentos para o monitoramento das reações transfusionais resultantes do uso terapêutico de sangue e seus componentes, visando melhorar a qualidade dos produtos e processos em hemoterapia e aumentar a segurança do paciente. Qual a Coordenação responsável por esse monitoramento?

a) Hemovigilância

b) Hemoconcentrados

c) Hemovida

d) DATASUS

e) SIA-SUS

Comentário: A resposta correta é a letra A. O enunciado utiliza o conceito de hemovigilância, observe as palavras chaves:

Finalizamos a nossa dica por aqui, mas continue nos acompanhando no Blog do Gran Cursos Online e por meio de nossos cursos para o Hemocentro. Continue firme nos estudos para alcançar o seu sonho!

Se você está se preparando para a prova do Hemocentro de Brasília, não pode perder a maratona de aulas com revisões para o concurso que o Gran Cursos Online preparou!! O aulão acontecerá no próximo sábado (04/03), a partir das 8 horas. Clique aqui e inscreva-se!

_______________________________________________________________

 

Fernanda Barboza é graduada em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia e Pós-Graduada em Saúde Pública e Vigilância Sanitária. Atualmente, servidora do Tribunal Superior do Trabalho, cargo: Analista Judiciário- especialidade Enfermagem, Professora e Coach em concursos. Trabalhou 8 anos como enfermeira do Hospital Sarah. Nomeada nos seguintes concursos: 1º lugar para o Ministério da Justiça, 2º lugar no Hemocentro – DF, 1º lugar para fiscal sanitário da prefeitura de Salvador, 2º lugar no Superior Tribunal Militar (nomeada pelo TST). Além desses, foi nomeada duas vezes como enfermeira do Estado da Bahia e na SES-DF. Na área administrativa foi nomeada no CNJ, MPU, TRF 1ª região e INSS (2º lugar), dentre outras aprovações.

_____________________________________________________________________

Estudando para concursos da área da Saúde? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 26 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!
matricule-se 3

assinatura ilimitada

garantia-de-satisfacao-30

Deixe uma resposta