Edital PM MG Saúde: SAIU! São 30 vagas com inicial de R$8,8 mil!

0

Edital PM MG Saúde acaba de ser publicado com oferta de 30 vagas!

Para quem aguardava o concurso público para o Quadro de Oficiais de Saúde (QOS) da Polícia Militar de Minas Gerais (edital PM MG Saúde), acaba de ser publicado o edital com oferta de 30 vagas para categoria de Médico e Psicólogo. O ingresso no oficialato dar-se-á no posto de 2º Tenente QOS, por ato do Governador do Estado, após nomeação e posse, condicionado à aprovação no Estágio de Adaptação de Oficiais (EAdO). A remuneração básica inicial para o cargo de 2º Tenente da PMMG é de R$ 8.874,60. Confira na tabela abaixo a distribuição das vagas de acordo com a categoria e especialidade.

As inscrições serão feitas via internet, através do site www.policiamilitar.mg.gov.br/crs, no período de 6 de novembro a 5 de dezembro de 2018. O valor da taxa de inscrição é de R$266,24.

Edital PM MG Saúde: informações e requisitos sobre o cargo ofertado e suas categorias

Atribuições gerais: O oficial do Quadro de Oficiais de Saúde da PMMG, respeitadas as características de cada especialidade, deverá atuar em atividades de prevenção de doenças e promoção de saúde física e mental, em conformidade com as normas expedidas pela Corporação, coordenando, controlando e monitorando os resultados alcançados. Para tanto, a atuação do Oficial QOS compreende as seguintes atribuições específicas, dentre outras: a) assessorar o Comando nos assuntos relacionados à sua área específica; b) gerenciar recursos humanos e logísticos; c) desenvolver processos e procedimentos administrativos militares; d) promover estudos técnicos e de capacitação profissional; e) pautar suas ações em preceitos éticos, técnicos e legais.

Atribuições específicas de Oficial Médico: a) executar as atividades relacionadas a assistência à saúde ambulatorial e hospitalar; b) desenvolver atividades de promoção à saúde e prevenção de doenças; c) zelar pelo cumprimento das normas éticas, técnicas e legais dentro do HPM e NAIS; d) primar pela excelência no acolhimento e atendimento técnico-profissional; e) participação em comissões multidisciplinares, quando do HPM; f) atuar na preceptoria e supervisão de acadêmicos e médicos residentes, quando do HPM; g) participação na elaboração de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas; h) participar de treinamentos médicos e atualização técnico-científica.

Atribuições específicas de Oficial Psicólogo: a) assessorar tecnicamente os diversos níveis hierárquicos sempre que necessário; b) realizar atividades organizacionais que promovam o desenvolvimento de habilidades, promoção à saúde, adaptação ao trabalho, desligamento do trabalho e comprometimento organizacional; c) realizar atendimentos clínicos de urgência; d) atuar na área de psicologia clínica; e) atuar na área de psicologia educacional; f) atuar na área de psicologia da aviação; g) atuar na área de psicologia hospitalar; h) desenvolver normatizações relacionadas à prática da psicologia; i) realizar avaliações psicológicas para porte de armas, concursos, cursos, diagnósticos e perícias.

São requisitos legais para ingresso ao Quadro de Oficiais de Saúde, previstos na Lei nº 5.301, de 16/10/1969: a) ser brasileiro(a) nato (a); b) possuir idoneidade moral; c) estar quite com as obrigações eleitorais e militares; d) ter no máximo 35 (trinta e cinco) anos de idade completáveis até a data de inclusão; e) ter concluído curso de graduação em nível superior, obtido em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal, em área compatível com a função a ser exercida; f) ter aptidão física; g) ter sanidade física e mental; h) ser aprovado em avaliação psicológica; i) não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de policial militar; j) não ter sido demitido da PMMG, de outra instituição militar estadual ou das Forças Armadas; não ter dado baixa no conceito “C”, nos termos do Código de Ética e Disciplina dos Militares do Estado de Minas Gerais; não ter sido exonerado ou demitido da PMMG ou do Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais com base no art. 146, incisos II, III, IV ou V, letra “a” e “caput” do art. 147, da Lei nº 5.301, de 16/10/1969; k) possuir registro atualizado no Conselho Regional atinente à categoria profissional para qual
concorre.
O candidato deverá possuir, além dos requisitos descritos acima, a residência médica na especialidade a que concorre reconhecida pelo MEC ou título reconhecido pela Sociedade Brasileira de Medicina da especialidade a que concorre, devidamente registrados no Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais, excetuando a área de Psicologia.

Edital PM MG Saúde: etapas e fases do concurso

O concurso consiste em 04 fases:

1ª FASE: Prova de Conhecimentos

A Prova de Conhecimentos será aplicada, centralizadamente, em Belo Horizonte e RMBH, na data de 10/02/2019, com início previsto para as 08h30min.
A prova de conhecimentos é de caráter eliminatório e classificatório e constará de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha, contendo 04 (quatro) alternativas de respostas, devendo ser marcada apenas 01 (uma) delas, no valor 2,5 (dois vírgula cinco) pontos cada questão, totalizando 100 (cem) pontos, assim distribuídos:
a) Língua portuguesa – 09 (nove) questões.
b) Direitos Humanos – 04 (quatro) questões.
c) Conhecimentos específicos – 27 (vinte e sete) questões.

2ª FASE: Prova Teórico-Prática e de Títulos

A prova teórico-prática, de caráter eliminatório e classificatório, terá o valor de 100 (cem) pontos, versará sobre o conteúdo das matérias específicas de cada categoria/especialidade, previsto no edital e constará de apresentação de casos clínicos, mediante descrição textual ou projeção, neste caso por período previamente estabelecido, para resposta de múltipla escolha e/ou dissertativa. Nos casos de resposta dissertativa serão avaliados o conhecimento da literatura proposta no edital, o raciocínio clínico e a capacidade do candidato expor suas ideias, sintetizando pontos relevantes, considerações e o comportamento quanto à relação profissional de saúde/paciente. Poderá haver, conforme a categoria/especialidade, além da apresentação de casos clínicos, interpretação de radiografias, tomografias, ressonância magnética, ultrassom, fotografias, análise de peças anatômicas, lâminas de microscopia, análise de exames laboratoriais e outros exames complementares de diagnóstico. As provas poderão ser aplicadas em dias e locais diferentes, conforme a categoria/especialidade, sendo que o tempo de duração, a ser especificado somente no dia da prova, será de acordo com a proposta de cada prova, conforme a categoria/especialidade. As questões poderão ter pontuação diferente, a qual será especificada no final de cada enunciado. O candidato poderá portar lupa, para auxílio na visualização de imagens e será permitido o uso de calculadoras, desde que de aparelhos que permitam apenas a função de calculadora. A prova será de cunho, exclusivamente teórico-prático, não estando prevista avaliação física de pacientes.

A prova de títulos, de caráter classificatório, terá o valor de 00 (zero) a 10 (dez) pontos, observando:

3ª FASE: Exames de Saúde (preliminares e complementares), Avaliação Física Militar (AFM), Avaliações Psicológicas e Exame Toxicológico

Serão convocados para submissão à 3ª fase do concurso, todos os candidatos aprovados na 2ª fase, conforme critérios estabelecidos neste edital, observando-se, rigorosamente, a ordem decrescente de notas obtidas na Prova de Conhecimentos, na Prova Teórico-Prática e Prova de Títulos. O candidato aprovado na 2ª FASE, ao ser convocado para a 3ª FASE, deverá preencher o Formulário de Informações Complementares que será disponibilizado no site do CRS. Os detalhes dos exames estão descritos no edital.

4ª FASE: Estágio de Adaptação de Oficiais (EAdO)

Serão convocados para a 4a fase do concurso, Estágio de Adaptação de Oficiais (EAdO), de caráter eliminatório e classificatório, que será realizado na Escola de Formação de Oficiais (EFO) da Academia de Polícia Militar (APM), na Rua Diabase, nº 320, bairro Prado – Belo Horizonte, somente os candidatos aprovados e melhores classificados nas fases anteriores, na proporção de 01 (um) candidato por vaga disponível, conforme a categoria/especialidade/localidade, definidos no edital. O EAdO tem início previsto para julho de 2019 e término previsto para outubro de 2019. Os candidatos aprovados na 3ª fase, mas, não classificados para o EAdO, poderão ser convocados para este, caso haja desistência de candidato à vaga na mesma especialidade e localidade para a qual concorre. A convocação de novos candidatos ocorrerá desde que não haja disciplinas que já tenham atingido mais de 25% (vinte e cinco por cento) da carga horária a ser ministrada.

Somente será matriculado no EAdO, o candidato que tiver sido aprovado e classificado dentro do limite das vagas, conforme critérios estabelecidos e, ainda, apresentar na Escola de Formação de Oficiais (EFO/APM), na data de 18/07/2019, os seguintes documentos:

Se civil ou militar de outra Corporação: a) requerimento de matrícula (fornecido quando da realização da própria matrícula); b) certidão de nascimento ou casamento, original e duas cópias; c) comprovante de inscrição no CPF, duas cópias; d) carteira de identidade, original e duas cópias; e) preencher o Formulário para ingresso na Corporação (FIC); f) diploma de conclusão do curso de graduação em nível superior em área compatível com a função a ser exercida, obtido em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal, original e duas cópias.

Se integrante da PMMG: a) requerimento de matrícula (fornecido quando da realização da própria matrícula); b) ofício padrão de apresentação expedido pela Unidade de origem, conforme norma específica; c) diploma de conclusão do curso de graduação em nível superior em área compatível com a função a ser exercida obtido em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal, original e duas cópias.

Detalhes do Edital PM MG Saúde:

  • Concurso: Polícia Militar de Minas Gerais (edital PM MG Saúde)
  • Banca organizadora: Centro de Seleção e Recrutamento da PM MG
  • Cargos: Quadro de Oficiais de Saúde (QOS) Médio e Psicólogo
  • Escolaridade: nível Superior 
  • Número de vagas: 30
  • Remuneração: inicial de R$8.874,60
  • Inscrições: 6 de novembro a 5 de dezembro de 2018 
  • Taxa de inscrição: R$266,24
  • Data da Prova: 10 de fevereiro de 2019

Edital

Comece a sua preparação hoje mesmo com quem é imbatível em aprovação nas carreiras policiais.
O Gran Cursos aprovou mais de 7.300 alunos nos últimos concursos para o DEPEN,
PRF, Polícia Federal e PMDF.

​​​​Gostou dessa oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!


Matricule-se!

Deixe uma resposta