Concurso Hemocentro de Brasília-DF: Tradição é de milhares de nomeações para níveis médio e superior!

0

fhb-dfO Hemocentro de Brasília (Concurso Hemocentro de Brasília-DF) realizará em breve seu concurso público já autorizado para carreiras de níveis médio e superior. No momento, o órgão trabalha intensamente para definir a empresa que ficará a frente do certame,  no qual as propostas das organizadoras já está em análise pelo setor de concursos da fundação.

Embora ainda não confirme a oferta de vagas e os cargos que estarão disponíveis, é certo que o concurso do Hemocentro trará oportunidades para os postos de Analista e Técnico de Atividades do Hemocentro da Carreira Atividades do Hemocentro. 

Analisando os dados de convocações do último concurso, vemos que a tradição do órgão, que não realiza concursos desde 2009, é de sempre convocar muito além das vagas iniciais do edital de abertura. Com oferta de de 65 vagas imediatas no total, 3.169 candidatos foram convocados para posse, o que sinaliza um percentual de mais de 400 vezes a mais que o número de vagas iniciais. O destaque de nomeações é para o posto de Técnico – Área: Agente Administrativo, que contou com 1.200 candidatos em exercício. Outro posto de destaque é o de Técnico em Enfermagem, com 694 nomeados (veja os detalhes na tabela abaixo).

hemocentro-003

Veja abaixo os requisitos, especialidades, critérios e vantagens garantidas no próximo edital.

Cargo: Analista de Atividades do Hemocentro
Especialidades: 1 – Administração; 2 – Analista de Laboratório – Biomedicina e Farmácia–Bioquímica; 3 – Arquivologia; 4 – Assistência Social; 5 – Comunicação Social – Jornalismo; 6 – Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; 7 – Comunicação Social – Relações Públicas;8 – Contabilidade; 9 – Direito e Legislação; 10 – Economia; 11 – Educador Físico; 12 – Enfermagem; 13 – Estatística; 14 – Farmácia; 15 – Fisioterapia; 16 – Nutrição; 17 – Odontologia; 18 – Pedagogia; 19 – Psicologia; 20 – Tecnologia da Informação.

Requisito: diploma, devidamente registrado, de curso de nível superior na respectiva área de atuação, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e, em alguns casos, registro no Conselho de Classe profissional.

Atribuições: as mesmas estão definidas de acordo com a área de atuação, para mais detalhes leia a íntegra da portaria aqui.

Cargo: Técnico de Atividades do Hemocentro
Especialidades: 1 – Agente Administrativo; 2 – Técnico de Enfermagem; 3 – Técnico de Hemoterapia e Hematologia; 4 – Técnico de Informática; 5 – Técnico de Laboratório; 6 – Técnico em Contabilidade; 7 – Técnico em Radiologia; 8 – Técnico em Saúde Bucal.

Requisito:  certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio para o cargo de Agente Administrativo, ou equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e para os demais curso técnico na área de atuação e, em alguns casos, registro no Conselho de Classe profissional.

Atribuições: as mesmas estão definidas de acordo com a área de atuação, para mais detalhes leia a íntegra da portaria aqui.

Atribuição específica para o cargo de Agente Administrativo: executar atividades de nível médio relacionadas à execução de serviços de apoio administrativo, referentes à pesquisa e planejamento, recursos humanos, finanças, orçamento, patrimônio, material, transporte, cargos e salários, microfilmagem, arquivo, documentação, comunicação e modernização; participar de programas de desenvolvimento que envolvam conteúdos relativos à área de atuação; executar outras atividades de interesse da área e inerente à Hemorrede Púbica do Distrito Federal.

Progressão

 O candidato aprovado no próximo concurso para a Carreira Atividades do Hemocentro terá as atribuições da terceira classe. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Terceira Classe – Padrão I.

Entendendo…

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de vinte anos, quando o servidor fará parte da Classe Especial – Padrão V.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de uma ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Evolução remuneratória

 Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente até R$ 6 mil, para carga de 40h semanais, o servidor chega a classe especial com mais de R$ 9. Veja os detalhes abaixo.

hemocentro-001

hemocentro-002-1

Jornada de Trabalho

Os editais preveem 40 horas semanais, mas você pode trabalhar apenas 30h semanais, com a diminuição da remuneração e a critério da administração superior. A definição do horário de entrada e saída é flexível, e varia conforme o setor de lotação.

Lotação

 Os aprovados são nomeados na sede da Fundação, que fica em Brasília/DF.

Organizadora e etapas

 Os concursos do Hemocentro não tem um organizador específico, ficando o último a cargo da Cetro Concursos. O mais provável é que uma organizadora do DF fique à frente da próxima seleção, Iades, Idecan, Cetro e organizadoras com sede em Brasília têm mais chances para organizar o certame.

 Aplicação das provas:  A aplicação das provas acontece somente no Distrito Federal.

Concorrência: Sempre muito disputados, os concursos para técnicos e analistas do Hemocentro atraem muitos candidatos. Em 2009, por exemplo,  o número foi de mais de 12 mil inscritos.

Composição das provas do último concurso

  • Analista de Atividade do Hemocentro – Especialidades: Analista de sistemas e estatístico.

Tipo de Prova:

Objetiva: Língua Portuguesa – 15 itens, Atualidades – 05 itens, Legislação – 10 itens e Conhecimentos Específicos – 30 itens.

Escrita: Prova Discursiva

Avaliação de Títulos

  • Analista de Atividade do Hemocentro – Especialidades: assistente social, biomédico, enfermeiro e farmacêutico bioquímico.

Tipo de Prova:

Objetiva: Língua Portuguesa – 15 itens, Atualidades – 05 itens, Legislação – 15 itens e Conhecimentos Específicos – 25 itens.

Escrita: Prova Discursiva

Avaliação de Títulos

  • Analista de Atividades do Hemocentro – Especialidades: médico clínico geral, médico hematologia e hemoterapia e médico do trabalho.

Tipo de Prova:

Objetiva: Língua Portuguesa – 05 itens, Atualidades – 05 itens, Políticas de Saúde – 10 itens, Legislação – 15 itens e Conhecimentos Específicos – 25 itens.

Escrita: Prova Discursiva

Avaliação de Títulos

Técnico de Atividades do Hemocentro – Especialidades: agente administrativo, técnico de laboratório e técnico em enfermagem.

Tipo de Prova:

Objetiva: Língua Portuguesa – 10 itens, Matemática/Raciocínio Lógico – 05 itens, Noções de Informática – 05 itens, Legislação – 10 itens e Conhecimentos Específicos – 20 itens.

Dicas para o início dos estudos

Nesta fase inicial de estudos é importante que o candidato entenda a banca do último concurso e para isso pesquise sobre o examinador, conheça sua história, descubra suas tendências. Uma forma de conhecer a banca examinadora é refazer provas anteriores, disponíveis nos sites. Assim, é possível assimilar o modelo de avaliação.

É importante, antes de começar a estudar, planejar o estudo, para que não haja perdas de tempo e esforços desnecessários. Estudar para concursos exige eficiência, pois o tempo é o recurso mais precioso de todos. Quem se preparar com as melhores fontes (livros, cursos, aulas) estará na frente dos demais candidatos.

No último concurso para técnico, realizado em 2009, pela Cetro, o programa foi considerado bastante equilibrado e tal equilíbrio se refletiu na cobrança feita na prova, com questões bem distribuídas entre as matérias.

Na parte específica, cada matéria do edital foi avaliada. De uma forma geral, todo o conteúdo de todas as matérias foram cobrados. Tal fato deixa um alerta importante para o candidato: não adianta escolher assuntos do edital para estudar e deixar outros de lado. Tudo foi cobrado e isso exige um estudo completo dos conteúdos programáticos.

A preparação para concursos públicos, seja qual for, exige cada vez mais um maior grau de comprometimento. E tratando-se de um concurso como o do Hemocentro-DF, além de planejada, a preparação precisa ser focada, direcionada e objetiva. Saber dividir o tempo de forma proporcional à cobrança; fazer revisões constantes; elaborar resumos; saber quando é a hora de fazer simulados e exercícios gabaritados e comentados; dentre outros aspectos; é crucial na preparação daqueles que vão conseguir uma das vagas. E no que diz respeito à divisão do tempo de estudo entre as disciplinas.

Deixe uma resposta