Concurso Fiocruz 2016 é autorizado para nível médio e superior! Saiba TUDO sobre as carreiras!

0

Fiocruz-Saiu-editalMesmo com um ano mais restrito no que diz respeito a autorizações para concursos públicos, três já possuem aval para abertura de mais de 200 vagas para nível médio e superior. Isso sinaliza, de forma positiva, que o Ministério do Planejamento está atento as necessidades da substituição de terceirizados ou mesmo para atender decisões judiciais, bem como sabe que concursos para órgãos de segurança pública (PRF e Polícia Federal) precisam preencher posições ociosas e que podem prejudicar o bom funcionamento dos mesmos.

Esses são apenas alguns exemplos. Foram milhares de vagas disponibilizadas em menos de 60 dias. Muitos outros concursos estão por vir, dentre eles o do Banco do Brasil. Se o seu projeto é ser aprovado num concurso, mantenha o foco e o planejamento e acompanhe as notícias sobre novos editais. É claro que, em tempos como esses, é preciso ainda mais empenho para encontrar um lugar ao sol, seja na iniciativa privada, seja na administração pública. Mas tenha cuidado para não usar o pessimismo generalizado como desculpa para ficar parado. Porque muita gente está conseguindo o que deseja e você, se fizer o necessário, também pode.

Na última sexta-feira, dia 29, a Fundação Fundação Oswaldo Cruz (Concurso Fiocruz 2016) recebeu autorização para preencher 150 vagas, sendo 21 para assistente técnico em gestão em saúde (nível médio), 61 vagas para técnico em saúde pública (nível médio), 58 vagas para pesquisador em saúde pública (nível superior) e especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública (nível superior).  O edital sairá em menos de seis meses, ou seja, até o fim de outubro.

Em 2014, foi realizado o último concurso para as carreiras abrirão vagas. Dando a largada aos estudos, os candidatos devem ter em mente o quão fascinante são as funções da Fiocruz,e as atribuições de cada posto. Vamos apresentar a seguir os detalhes. Este passo inicial é essencial para uma preparação eficiente.

Atribuições dos cargos autorizados e requisitos:

  • Assistente Técnico em Gestão em Saúde

Requisitos: Ensino médio ou curso equivalente.

Atribuições: Suporte administrativo: protocolo, conferência, atualização e arquivamento de documentos; estoque de material; Redação de minuta de documentos; Controle e manutenção de sistemas de informações da administração pública federal e sistemas institucionais; Contatos e recepção de pessoas; Participação em organização de eventos; Elaboração de planilhas, tabelas, quadros demonstrativos, gráficos, apresentações. Controle patrimonial.

  • Técnico em Saúde Pública

Requisitos: Ensino médio e curso técnico em áreas a serem definidas. Há casos em que se exige ainda registro no Conselho de Classe.

Atribuições: As atribuições variam de acordo com a oferta e área de atuação.

  • Especialista em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública

Requisitos: Graduação em áreas específicas. Há casos que se exigem ainda registro do Conselho de Classe e experiência profissional.

Atribuições: As atribuições variam de acordo com a oferta e área de atuação.

  • Pesquisador em Saúde Pública

Requisitos: Graduação em áreas específicas. Há casos que se exigem ainda registro do Conselho de Classe e experiência profissional.

Atribuições: As atribuições variam de acordo com a oferta e área de atuação.

Progressão

O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de nível médio e superior da Fiocruz terá as atribuições da Classe correspondente ao cargo. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe do posto –  padrão I, com exceção do posto de especialista, que é composta por classes e padrões únicos.

Entendendo…

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de 13 anos.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de um ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Evolução remuneratória: Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente até R$ 3 mil, o servidor chega a classe alta com até de R$ 16, conforme abaixo:

FIOCRUZ-ESP-REM

FIOCRUZ-ASS-TÉC-REMFIOCRUZ-PES-REMOs servidores contam ainda auxílio alimentação de R$ 458. Quem tem filho tem direito ainda a auxílio-creche de R$ 321. Há também benefícios como adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação.

Jornada de Trabalho: A jornada de trabalho será de 40 (quarenta) horas semanais que poderão ser distribuídas em plantões nas unidades da FIOCRUZ, de acordo com as necessidades institucionais.

Lotação: Segundo a assessoria, todas as unidades da Fiocruz no Brasil deverão ser contempladas. São 11 capitais com unidades: Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro (sede), Salvador e Teresina.

Agora, a Fiocruz tem até o dia 29 de outubro para publicar o edital de abertura das inscrições, já que o Planejamento estabelece um prazo de seis meses após a autorização. E além das remunerações consideráveis, dependendo da carreira, os contratados terão a estabilidade empregatícia assegurada, já que as contratações ocorrerão pelo regime estatutário. É bastante provável que essas vagas englobem áreas não contempladas no certame anterior, realizado em 2014. Por isso preferimos não guiar os candidatos conforme o último edital para oferta de vagas.

De acordo com o diretor de Recursos Humanos (RH) da Fiocruz, Juliano Lima, esse certame tem a intenção de favorecer a substituição de terceirizados em todas as áreas em que ainda há esses profissionais. Com abrangência nacional, o certame da autarquia será uma grande oportunidade para os que desejam tornar-se servidores públicos no âmbito federal.

Dicas para o início dos estudos

Nesta fase inicial de estudos é importante que o candidato entenda a banca dos últimos concursos e para isso pesquise sobre o examinador, conheça sua história, descubra suas tendências. Uma forma de conhecer a banca examinadora é refazer provas anteriores, disponíveis nos sites. Assim, é possível assimilar o modelo de avaliação.

É importante, antes de começar a estudar, planejar o estudo, para que não haja perdas de tempo e esforços desnecessários. Estudar para concursos exige eficiência, pois o tempo é o recurso mais precioso de todos. Quem se preparar com as melhores fontes (livros, cursos, aulas) estará na frente dos demais candidatos.

No último concurso para assistente, de nível médio, realizado em 2010, pelo Fundação Cesgranrio, o programa foi considerado bastante equilibrado e tal equilíbrio se refletiu na cobrança feita na prova, com questões bem distribuídas entre as matérias. Com relação ao peso das disciplinas. De uma forma geral, todo o conteúdo de todas as matérias foram cobrados. Tal fato deixa um alerta importante para o candidato: não adianta escolher assuntos do edital para estudar e deixar outros de lado. Tudo foi cobrado e isso exige um estudo completo dos conteúdos programáticos. Veja abaixo o quadro resumo do conteúdo do concurso. 

assi-fiocruzA preparação para concursos públicos, seja qual for, exige cada vez mais um maior grau de comprometimento. E tratando-se de um concurso como o da Fiocruz, além de planejada, a preparação precisa ser focada, direcionada e objetiva. Saber dividir o tempo de forma proporcional à cobrança; fazer revisões constantes; elaborar resumos; saber quando é a hora de fazer simulados e exercícios gabaritados e comentados; dentre outros aspectos; é crucial na preparação daqueles que vão conseguir uma das vagas. E no que diz respeito à divisão do tempo de estudo entre as disciplinas.

Deixe uma resposta