Climatério e saúde da mulher: veja como o tema é cobrado em provas de concurso!

0

Olá, amigos concurseiros da enfermagem! No artigo de hoje, irei discorrer sobre os principais aspectos do climatério dentro da temática de saúde da mulher. Além disso, veremos uma questão comentada para que você perceba como pode ser cobrado na sua prova.

As principais abordagens das bancas consistem em confundir os conceitos de climatério, menopausa e perimenopausa, as manifestações clínicas relacionadas a essa fase biológica da vida da mulher e as contraindicações relativas e absolutas do uso da terapia de reposição hormonal (TRH). Dessa forma, vamos percorrer essas dicas no artigo de hoje.

Diferença entre Menopausa X Climatério X Perimenopausa

Fases do climatério

Manifestações clínicas no climatério

Atenção às mulheres no climatério

O nosso atendimento à mulher no climatério inclui:

As orientações às mulheres no climatério incluem:

Estimular atividades prazerosas, lazer e trabalho.

Exercícios da musculatura perineal (Kegel).

Estimular a alimentação rica em vitamina D e em cálcio, por meio do consumo de leite, iogurte, queijos (principais fontes), couve, agrião, espinafre, taioba, brócolis, repolho, sardinha e castanhas.

Atividade física: 150 minutos de atividade aeróbica de intensidade moderada por semana.

Fortalecimento muscular pelo menos 2 vezes por semana.

Prevenção de infecções sexualmente transmissíveis.

Prevenção primária contra a osteoporose (dieta com cálcio, exposição solar sem fotoproteção por 15 minutos antes das 10 horas ou depois das 16 horas, exercícios físicos, eliminar o tabagismo, eliminar riscos de quedas – ambiente, uso de psicotrópicos, anti-hipertensivos e distúrbios visuais e auditivos).

Terapia de reposição Hormonal

Conheça as contraindicações absolutas e relativas da TRH:

Finalizamos as principais dicas sobre o climatério. Analise a questão comentada abaixo para perceber como essa temática é cobrada em provas.

Direto do concurso!

1.(CESPE/TRT 8ª REGIÃO/2016) O período do climatério caracteriza-se

a) pela propensão ao surgimento ou ao agravamento das distopias em decorrência de insuficiência estrogênica relativa, diminuição da elasticidade ou hipotrofia do músculo ligamentar.

b) pela transição entre o período reprodutivo e o não reprodutivo, reconhecida depois de passados três meses do último ciclo menstrual, sendo a menopausa o mais importante indicador desse processo patológico.

c) pela necessidade de reposição de diversas vitaminas, como a vitamina K, que atua como coenzima em inúmeras reações bioquímicas, ao diminuir a ansiedade, a depressão e os fogachos, e aumentar a formação de osteocalcina.

d) pelo desenvolvimento de perfil lipídico mais favorável, em face do aumento dos níveis de HDL-C, da diminuição dos níveis séricos de LDL-C, do colesterol total e da gordura corporal, o que se dá em decorrência da queda de alguns hormônios uterinos.

e) pela alteração no processo de hemostasia, com a diminuição de elementos envolvidos no mecanismo de coagulação, a exemplo do fator VII (pró-coagulante), do fibrinogênio e do PAI1 (ativador do inibidor do plasminogênio), o que gera problemas ligados à dificuldades de hemostasia e à fraca coagulação do sangue.

Gabarito: letra A.

Comentários: Comentaremos as alternativas com as informações do Manual do Climatério do Ministério da Saúde, literatura utilizada pelas bancas de concursos. Vamos lá?

Letra B: errada. A menopausa é um marco dessa fase, correspondendo ao último ciclo menstrual, somente reconhecida depois de passados 12 meses da sua ocorrência.

Letra C: errada, pois a vitamina K atua na ação da osteocalcina e do ácido gama-carboxiglutâmico, ambos necessários para a produção dos ossos. Também é essencial para a produção dos fatores de coagulação.

A afirmativa refere-se ao complexo B, que funciona como coenzimas em inúmeras reações bioquímicas, atuando na diminuição da ansiedade, depressão e fogachos. São necessárias para o bom funcionamento do sistema nervoso, ósseo e tecido conectivo, aumentando a formação de osteocalcina.

Letra D: errada. É o contrário! O climatério aumenta o colesterol LDL e reduz o HDL.

Letra E: errado. O que ocorre é o aumento dos fatores de coagulação e, por isso, aumenta-se o risco de tromboembolismo.

Espero você nos próximos artigos aqui no blog e nos cursos do Gran Cursos Online. Foco total rumo à realização do seu sonho. Coloque seu projeto de aprovação como prioridade de vida, e o tempo para sua preparação aparecerá. 

_______________________________________________________________

Fernanda Barboza é graduada em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia e Pós-Graduada em Saúde Pública e Vigilância Sanitária. Atualmente, servidora do Tribunal Superior do Trabalho, cargo: Analista Judiciário- especialidade Enfermagem, Professora e Coach em concursos. Trabalhou 8 anos como enfermeira do Hospital Sarah. Nomeada nos seguintes concursos: 1º lugar para o Ministério da Justiça, 2º lugar no Hemocentro – DF, 1º lugar para fiscal sanitário da prefeitura de Salvador, 2º lugar no Superior Tribunal Militar (nomeada pelo TST). Além desses, foi nomeada duas vezes como enfermeira do Estado da Bahia e na SES-DF. Na área administrativa foi nomeada no CNJ, MPU, TRF 1ª região e INSS (2º lugar), dentre outras aprovações.

_____________________________________________________________________

Estudando para concursos da área da Saúde? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros
matricule-se 3

assinatura-222-1

garantia-de-satisfacao-30

Deixe uma resposta